Desejo Poesia &Vida

3 de maio de 2021 Off Por Pedro Taunay Graça Couto

Desejo que me corroí por dentro, que me faz arder revirando minhas entranhas pelo avesso. Desejo, que não sai de mim, que me tira a paz o sossego.
Queria tanto um dia me aquietar, sossegar. Mais vou tendo que conviver com essa minha contradição, nesse ser ambíguo, em que me encontro.